Gastronomia Lifestyle

Burguer homemade com maionese de ervas | Receita

Olá, pessoas! Muitíssimo prazer!

Meu nome é Cadu Evangelisti, sou cozinheiro e publicitário. Participante do reality show de gastronomia The Taste Brasil, do canal GNT.

2

A convite da querida Clara, sou o mais novo colaborador do Démodé e vou conversar aqui com vocês sobre gastronomia.

Nossos encontros no blog serão quinzenais e a ideia é ensiná-los a executar em casa os graaaandes clássicos da gastronomia que você vê nos famosos restaurantes por aí. E também, é claro, aquelas receitas mais básicas pra você fazer nos dias corridos.

Para o nosso primeiro encontro resolvi ensinar a vocês uma receita super simples, que vocês vão usar a vida inteira: H-A-M-B-Ú-R-G-U-E-R! <3 São excelentes pra receber os amigos e sair da mesmisse do churrasco.

DSC_0074

Vamos lá, o primeiro passo pra um bom hambúrguer é a escolha das carnes. É feito o que nós chamamos de blend, que nada mais é do que uma mistura de carnes. É preciso ter coerência na escolha delas pra se formar um hambúrguer equilibrado, que tenha maciez, suculência, personalidade e sabor.

O meu blend é feito com 30% peito bovino (corte dianteiro – sabor acentuado), 40% fraldinha (corte traseiro – maciez e suculência) e 30% de costela, pois é um corte de muita personalidade, tem uma gordura dela muito saborosa.

Sempre peça a carne com gordura. Um bom burguer é formado por 80% de carne e 20% de gordura, é ela que dá a suculência.

Sugiro que testem, testem, testem, e criem o próprio blend de vocês, de acordo com o gosto pessoal de vocês. Aí vocês terão um burguer com a cara de vocês. Um burguer pra chamar de seu! <3

Feita a devida escolha das carnes, é hora de moldar e temperar os hambúrgueres.

Caso queira fazer mini-hambúrguer, faça eles com 40g ou 50g, caso queira fazer um tamanho tradicional, recomendo 180g. Faça as bolinhas de carne com a mão já no peso certo do seu burguer, e jogue a bolinha de uma mão pra outra por 1 minutinho, jogue com força, o objetivo e jogar ar pra dentro do burguer e deixá-lo aerado e leve.

Feito isso, é só amassar a bolinha com a palma da mão e deixar no formato de burguer!  Um ponto fundamental é a altura do seu burguer, ele precisa ter uma certa espessura pra poder dar o ponto. Se for muito fino, fica seco, se for muito grosso, ele fica cru por dentro. Um hambúrguer perfeito é tostadinho por fora e rosado por dentro.

Vocês devem estar pensando: “Mas, Cadu, não vai creme de cebola, farinha de rosca, gema de ovo nem nada pra dar liga?” – NÃÃÃÃÃO! 🙂

Se você seguiu o passo-a-passo direitinho, seu hambúrguer ficará lindo e perfeito.

Ah, importante temperar ele só na hora de levá-lo à churrasqueira, chapa ou frigideira, pois o sal desidrata a carne. O tempero é sal e pimenta do reino. Nada mais! Queremos o gosto da carne, com o blend que criamos com tanto carinho, portanto, muitos temperos poderão mascarar seu burguer!

Daí você pode servir com os acompanhamentos que quiser. Lembre-se de equilibrar os sabores.

Vou passar pra vocês aqui um hambúrguer de virar ozóio!

– Maionese caseira de ervas e raspas de limão (Faça a maionese tradicional, batendo as gemas com um fouet, um pouco de mostarda e colocando óleo aos poucos até criar consistência de maionese e depois bata no liquidificador com manjericão, limão, salsinha e cebolinha. Finalize com as raspinhas de limão siciliano)

– Alface americana

– Queijo prato ou cheddar

– Cebola roxa caramelizada (Doure a cebola em fogo alto com azeite, quando ela estiver transparente e bem cozida, tempere com sal e pimenta, acrescente açúcar mascavo e deixe caramelizar, finalize com uma bela colher de manteiga pra dar brilho e umidade)

Bacon crocante (Coloque as tiras finas de bacon num refratário e leve ao forno até dourar)

Você vai morder o lanche e sentir o frescor da maionese geladinha de ervas junto com a alface, o adocicado da cebola, a potência do queijo, o defumado e salgado do bacon, a maciez do pão e, é claro, um hambúrguer suculento e saboroso. Uma mordida, várias sensações!

Crie suas combinações! Hambúrguer vai bem com quase todos os queijos, cogumelos, verduras, chips de tubérculos, molhos, defumados, etc etc etc…

1

Não fique aí babando, não! Junte seus amigos, sua família e prepare essa coisa linda pra eles!

Obrigado pela confiança, Clara. Primeiro de muitos posts deliciosos que virão!

Até a próxima, meus mais novos companheiros! 🙂

Me segue aí oh:

Instagram: @caduevangelisti

Facebook: /caduevangelisti

Snapchat: caduevangelisti

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Cleusa
    9 de abril de 2016 at 10:30

    Gostei muito e vou fazer!!! Deu água na boca!!! 😋😋😋😍

  • Reply
    Andrea
    12 de abril de 2016 at 12:10

    Deu água na boca!😋 Adorei a parceria do blog Démodé com a gastronomia!

  • Leave a Reply